Cacau um brasileiro de Deus na seleção da Alemanha

Como a maioria dos brasileiros, fui ensinado a crer na existência de um Deus. Cresci sabendo que Deus criou todas as coisas e que era bondoso, e por isso, cumpria seus mandamentos.

Toda essa religiosidade era resumida pelo fato de eu não saber realmente quem era Deus. Vivia uma vida espiritual fria. Pois, toda a minha esperança e confiança estavam depositadas no futebol. Imaginava que através do esporte teria oportunidade de mudar a história da minha vida e da minha família. O futebol era para mim o único meio de ser feliz.

Aos treze anos de idade conquistei uma vaga na equipe infantil do Palmeiras. Estava vivendo o início do que pensava ser a realização do meu sonho – ser jogador de futebol profissional.

Durante três anos vivi momentos intensos e de muita dedicação. Até que um novo treinado chegou para comandar o time e trouxe com ele outros jogadores, sendo assim vários garotos foram dispensados, inclusive eu.

Fiquei frustrado e triste, pois toda minha esperança estava ali. Meu coração já tinha feito muitos planos e vi meu sonho acabar da noite para o dia. Continuei na tentativa de conquistar uma nova oportunidade, mas cada vez mais me decepcionava.

Após um ano, enquanto disputava um torneio de futsal amador, encontrei com um amigo cristão, que me falou sobre Jesus. Fiquei interessado e fiz muitas perguntas.

Certo tempo depois, meu irmão, que morava em outra cidade, veio passar férias em Mogi das Cruzes. Conversando com ele percebi que algo diferente havia acontecido na sua vida. Meu irmão, que gostava muito de ir para bares e viver em ambientes de promiscuidade, era outro homem, estava mais atencioso e transmitia muita paz. Ninguém o convencia a voltar a fazer o que fazia antes.

Percebendo essa diferença, perguntei o que tinha acontecido para que ele mudasse daquela maneira. Foi então que ele me disse que eu precisava conhecer Jesus. Inicialmente não me conformei com o que ele dizia, pois desde criança eu sabia quem era Jesus e, em minha opinião, eu já o conhecia.

Com muita paciência, meu irmão me apresentou um Jesus amigo, companheiro e presente, totalmente diferente do Jesus que eu imaginava conhecer. Eu pensava que Jesus era um Deus distante que ficava no céu e não se preocupava com o nosso dia-a-dia.

Neste momento percebi que minha esperança estava direcionada para um lugar errado. Imaginava que o futebol seria a solução para minha vida, mas percebi que seria apenas uma solução passageira.

Interessei-me em aprender mais sobre Jesus estudando a Bíblia e fazendo muitas perguntas ao meu irmão. E então tomei a decisão de aceitar a Jesus como meu Senhor e Salvador. No mesmo instante, mesmo passando por uma situação muito complicada e adversa, senti uma paz intensa e uma alegria inexplicável. Após um tempo, me batizei e até hoje caminho junto com Jesus.

Hoje sei que as coisas deste mundo são passageiras e quando andamos com Jesus temos uma vida eterna de paz e a alegria. E, isso nos dá esperança para vivermos uma vida de vitória e conquistas ao lado de Jesus.

Se você deseja, assim como eu, ter uma vida completa de paz e vitória aceite a Jesus Cristo como seu Senhor e Salvador.

Deus te abençoe!

Cacau

Fonte: http://www.atletasdecristo.org

Posted on 14/06/2010, in Artigos. Bookmark the permalink. Deixe um comentário.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s